Limpeza facial de pele: dermatologista explica os benefícios da prática para pele oleosa

A pele oleosa é um tipo de pele que merece bastante atenção na hora de montar a rotina de cuidados e escolher os produtos. Nesse momento é preciso prestar atenção em produtos que ajudam na hidratação, limpeza e no controle da oleosidade para evitar o agravamento da oleosidade e o aparecimento de cravos e espinhas.

Um desses cuidados é a limpeza de pele diária, essencial para a rotina de cuidados, ela traz diversos benefícios para pele oleosa. Para detalhar esses benefícios, a dermatologista Dra. Fabiana Wanick, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Cirurgia Dermatológica, dá algumas dicas de como montar uma rotina de limpeza facial para pele oleosa.

O que causa a oleosidade na pele?

Primeiro, a dermatologista explica o que causa a oleosidade da pele. “A oleosidade da pele é causada pela ação das glândulas sebáceas. O rosto é onde a gente tem maior quantidade de glândulas sebáceas, principalmente no nariz e na testa, que normalmente é onde a pele é mais oleosa.”

O que causa a oleosidade da pele é a atividade exagerada dessas glândulas sebáceas. Eles são responsáveis pela produção do sebo, que na verdade é o óleo da nossa pele, é o que deixa a pele brilhosa, que deixa os poros obstruídos e que de alguma forma deixa a pele mais propícia para o aparecimento dos cravos e espinhas. Tudo isso é causado pelo sebo em excesso”, detalha.

Como a limpeza de pele pode reduzir a oleosidade da pele?

Com a produção do sebo em excesso pela pele é necessário garantir uma rotina de limpeza facial para garantir que esse excesso será retirado minimizando o efeito do óleo em excesso.

As glândulas que estão constantemente trabalhando, então a nossa pele está sempre com uma camada de óleo. Por isso é preciso limpar a nossa pele com o gel de limpeza e que não agrida demais a pele, mas que seja capaz de desmanchar esse óleo e de quebrar essas partículas de óleo ao mesmo tempo que ajudar na renovação da pele”, ressalta.

Fazendo isso, eliminando as células mortas e eliminando o óleo que está na superfície da pele, conseguimos diminuir a oleosidade. Mas, ao mesmo tempo, é muito importante que esse gel de limpeza não seja tão agressivo, porque se você limpar demais você agride demais essa pele, você pode estimular a produção de oleosidade. Então é preciso limpar a pele de um jeito que seja suave para não estimular a produção excessiva de óleo na pele, gerando o efeito rebote”, explica a dermatologista.

Como montar uma rotina de limpeza para pele oleosa?

Agora que você já sabe a importância da limpeza de pele para o rosto oleoso, a dermatologista Fabiana Warnick detalha como ela pode ser feita no seu dia a dia. “O ideal é a gente usar um gel de limpeza, depois você enxagua o rosto, de preferência com água fria ou gelada. A água quente pode fazer com que a pele fique mais oleosa, então de preferência com água fria ou gelada”, ressalta.

Após o enxágue, seque o rosto e você pode usar um pedaço de algodão para aplicar a água micelar, isso vai ajudar a remover as células mortas e remover o resíduo de oleosidade. O uso da água micelar contribui para a limpeza e ajuda na hidratação da pele. Limpar a pele em duas etapas dessa maneira é a melhor maneira de limpar uma pele oleosa”, conclui.

Conheça o Gel de Limpeza Facial e a Água Micelar da linha Revitalift

Para a sua rotina de limpeza de pele diária a linha Revitalift Hialurônico cona com o Gel de Limpeza Hialurônico para garantir uma limpeza suave e hidratante para a sua pele, com uma textura leve e de fácil aplicação, ele conta com ação antioleosidade o que ajuda a limpar e ainda combater a produção de óleo em excesso pela pele.

Para complementar a sua rotina de cuidados, a Água Micelar Hialurônico conta com ação 7 em 1 garantindo os benefícios do ácido hialurônico para sua limpeza facial fazendo com que fosse uma limpeza facial hidratante.

Matéria publicada em 11 de fevereiro de 2022, por Enext.