Queda de cabelo feminino em excesso: conheça as causas e possíveis tratamentos para o problema

A queda de cabelo excessiva acontece, na maioria das vezes, com os homens, mas o número de mulheres que também percebem o problema tem crescido. Uma pesquisa feita no início de 2018 pela Associação Brasileira de Cirurgia da Restauração Capilar (ABCRC) revelou que, de 2016 para 2017, a procura pela cirurgia de transplante de fios em mulheres aumentou em até 10%.

Mas, antes de se preocupar e associar a queda à uma doença capilar - ou até mesmo deixar cair a autoestima! - a boa notícia é que a queda pode surgir por hábitos que podem ser melhorados: estresse, alterações hormonais, químicas alisadoras, uso frequente de chapinha e secador e até dietas restritivas. Confira mais possíveis causas de queda capilar e veja os tratamentos mais eficientes. 

Pular os slider: tratamento-mask-qualquercabelo-main

Conheça os produtos

cuidados com o cabelo

Busca por restauração capilar cresce entre mulheres com mais de 30 anos

A pesquisa feita pela ABCRC revelou que a faixa etária das mulheres que buscam pelo transplante capilar é de 31 a 40 anos. Antes de se preocupar quanto à queda excessiva, adiantamos: o normal é perdermos de 100 a 150 fios diariamente, ao lavar e pentear. Além disso, a queda de cabelo pode aumentar no outono e no inverno, já que a raiz fica mais seca, com menos nutrientes e a circulação sanguínea no local pode diminuir. Confira outros motivos da queda de cabelo: 

Estresse: o estado emocional pode interferir na saúde do seu cabelo. Estresse, ansiedade e cansaço enfraquecem os fios e causas quedas além do normal. 

Chapinha e secador: secar e alisar o cabelo todos os dias também pode causar queda por causa do calor das ferramentas, que enfraquece o folículo - por onde nasce os fios. 

Escovas de alisamento: a química alisante também pode causar queda capilar porque remove os nutrientes do cabelo e deixa os fios cada vez mais finos, por mais que eles pareçam brilhosos e saudáveis. 

Dietas restritivas: você é do time de mulheres que faz dietas muito restritivas? Então, esse pode ser o fator da sua queda capilar, já que a falta de nutrientes no cardápio, como zinco, ferro e proteínas, deixa os fios mais fracos.  

5 cuidados e tratamentos para a queda de cabelo feminina

Para tratar a queda de cabelo, a dica é procurar um dermatologista especialista em tricologia, já que o profissional poderá recomendar tratamentos como laser capilar ou carboxiterapia. Já em casa, os cuidados podem começar com linhas de shampoo e condicionador específicos para fortalecer o bulbo capilar.

1. Aposte em shampoos, condicionadores e tônicos fortalecedores, que podem conter arginina. A substância fortalece o couro cabeludo e encorpa os fios, fazendo com que fiquem mais espessos;

2. Mantenha uma alimentação equilibrada e rica em proteínas, ferro e zinco pode melhorar o crescimento do cabelo;

3. Aposte na carboxiterapia, um tratamento que aumenta a irrigação sanguínea do couro cabeludo, facilitando a entrada de substâncias para a queda, vindas do shampoo ou tônico, por exemplo. 

4. Você também pode investir no laser capilar para estimular a regeneração do folículo que perdeu o cabelo, impedindo que os fios saudáveis venham a ciar;

5. Vale também apostar no transplante capilar que, geralmente, retira uma faixa de cabelo da parte de trás da cabeça para implantar nas áreas de queda.

Matéria publicada em 29 de março de 2021, por Webedia.

Pular os slider: Cabelos Saudaveis

Conheça os produtos

de L'Oréal Paris