Glossário das cacheadas: saiba o significado de termos como fitagem, big chop e outros comuns no universo dos cachos!

Transição capilar, fitagem, big chop... são tantos termos específicos entre as cacheadas, que quem é nova nesse universo acaba ficando meio perdida em uma roda de conversa ou na leitura de algum texto sobre o assunto. Se você faz parte desse grupo que ainda não se entendeu muito bem com todas essas expressões, calma: basta dar uma lida no "glossário das cacheadas" para conhecer todas as palavras-chaves sem precisar ficar fazendo mil pesquisas na Internet. Confira! 

Pular os slider: Oleo extra cacheados

Cuide dos seus cabelos com a linha

Óleo Extraordinário Cachos

1 - Transição capilar 

Um dos termos mais falados entre as cacheadas e crespas, "transição capilar" é o nome que se dá ao período que vai desde o último dia de retoque da química até o corte de toda a parte alisada. É através dela que é possível recuperar os cachos, e sua duração varia de pessoa para a pessoa - podendo terminar em poucos meses ou só depois de anos, para aquelas que não dispensam os fios longos.

2 - Cronograma Capilar

Embora também seja indicado para madeixas de todos os tipos, o cronograma capilar faz mais sucesso entre as donas de fios cacheados e crespos. Perfeito para fortalecer os cabelos em transição, ele é uma rotina de tratamento semanal que combina hidratação, nutrição e reconstrução por um período de um mês - podendo ter seu ciclo repetido enquanto houver necessidade. 

3 - Texturizações

Texturizações são procedimentos que 

Os clássicos bobes e bigudins estão entre as opções mais comuns de texturização, mas também existem vários outros meios alternativos de cachear as madeixas - como o truque dos coquinhos e a técnica dos twists, que cria ondas no cabelo fazendo tranças de apenas duas mechas.  

4 - Big Chop

Big chop, como o nome indica, é o "grande corte", que retira toda a parte processada pela química para que o cabelo fique completamente natural. Quando ele é feito logo nos primeiros meses de transição capilar, ele chama atenção por causar uma transformação ainda mais radical - já que, além da textura, também alterará bastante o comprimento. 

5 - Vitamina T 

Se você acompanha grupos e blogs sobre cabelos cacheados, já deve ter visto a expressão "vitamina T" em algum assunto ou matéria. E não, esse "T" não se refere a nenhum ingrediente milagroso para tratar os cachos, mas, sim, à tesoura - objeto indispensável para se livrar da transição fazendo o big chop.  

6 - Finalização

A finalização nada mais é que o ato de arrumar os cachos após a lavagem. Da mais trabalhada às mais rápidas, que podem até ser feitas no próprio chuveiro, elas são indispensáveis para deixar o cabelo com o efeito que se espera e facilitar o seu "day after" - assunto do próximo tópico. 

7 - Day After

Como o nome já indica, o day after é o dia seguinte após a lavagem. Mas, no universo das cacheadas, falar que teve um "day after" significa dizer que os cachos continuaram bonitos ao acordar. Sendo assim, se você continuou usando o cabelo solto por, por exemplo, 5 dias após a finalização, pode falar que teve cinco dias de "day after".  

8 - Scab Hair

Embora não tenha comprovação científica, muitas cacheadas usam esse termo para se referir ao cabelo mais áspero que começa a aparecer depois dos alisamentos e relaxamentos. Para alguns cabeleireiros, essa textura mais ressecada é apenas resquício de químicas; mas, seja qual for a teoria certa, a boa notícia é que o problema pode ser resolvido com bastante hidratação. 

9 - Co-wash

O co-wash, redução do termo "conditioner washing", é uma técnica que consiste em lavar as madeixas com condicionador, sem shampoo. Como os cabelos cacheados e crespos tendem a ser mais secos, esse tipo de procedimento é a maneira ideal de amenizar o ressecamento que pode ser agravado pelo uso diário do shampoo tradicional. 

10 - Difusor

Depois de passar pela transição, não dá mais para usar o secador do mesmo jeito que se fazia com as madeixas lisas, não é mesmo? Por isso, para secar os cachos sem perder a definição, a dica é investir em um aparelho difusor -  que nada mais é que uma peça extra que é encaixada no secador tradicional para tirar a umidade dos fios. 

11 - Fitagem 

Queridinha das cacheadas, a fitagem é uma técnica de finalização que ajuda a garantir cachos mais definidos e um bom "day after". Para fazê-la, além de dividir todo o cabelo em seções e aplicar um bom creme de pentear, o truque principal é passar os dedos entre as mechas como se estivesse formando fitas. 

12 - Dedoliss

Assim como a fitagem, a técnica de dedoliss também garante boa definição. Mas, ao invés do procedimento de separar as mechas como fitas, essa finalização enrola os fios da raiz às pontas usando os próprios dedos. Por dar trabalho e exigir mais tempo, uma boa dica é usar esse truque apenas nas partes mais comprometidas do cabelo - como as ressecadas e menos definidas do chamado "scab hair", por exemplo. 

13 - Plopping

O plopping é uma opção de finalização que seca e define os cachos ao mesmo tempo. Para fazê-la, o truque é aplicar creme de pentear nos fios e, depois, envolvê-los em uma toalha de microfibra ou camisa de algodão, amarrando as laterais do tecido ao invés de repetir o clássico formato turbante. Feito isso, basta esperar alguns minutos e pronto: cabelo sem umidade e bonito de maneira rápida e prática. 

14 - Coque abacaxi

O coque abacaxi é um penteado famoso entre as cacheadas de cabelo médio ou longo, que se diferencia do coque tradicional por prender as mechas no alto e para frente. Embora ele também seja uma opção para o dia a dia, seu uso mais comum é na hora de dormir por ajudar a manter os cachos intactos até a manhã seguinte. 

15 - Umectação 

A umectação é uma técnica que trata as pontas ressecadas através da aplicação de óleo em todo o cabelo. Alternativa para a fase de nutrição do cronograma capilar, ela é responsável por garantir mais brilho nos fios, impedir o aparecimento de frizz e, aliada à massagem capilar no couro cabeludo, ainda estimular o crescimento.  

16 - Tipos 2, 3 e 4

Os números de 2 a 4, seguidos de letras de A à C, se referem ao seu tipo de cacho - que vai do ondulado do tipo 2 ao crespo do 4, passando pelos super cacheados da categoria 3. Para identificar qual deles é o seu, a dica é observar o formato e as características do seu fio para comparar com as informações sobre cada um. Encontrar essa resposta é indispensável para quem quer descobrir qual produto, tratamento ou finalizador mais favorece suas madeixas. 

Pular os slider: Penteados e cortes

Faça penteados incríveis com os produtos

L'Oréal Paris