6 histórias de 'terror' que toda apaixonada por beleza morre de medo de ver de perto

Ir ao salão aparar as pontinhas e voltar com um corte pixie, descolorir as madeixas e acabar com o visual todo manchado, esquecer de usar protetor solar depois do ácido...

Sejamos sinceras, nenhum conto de terror assusta mais uma apaixonada por beleza do que histórias como essa, né? Mas para evitar que elas se repitam, não tem jeito: é hora de encarar os fantasmas!

Separamos alguns dos episódios mais medonhos para que você fique alerta e não se preocupe - ou corra riscos - daqui pra frente. Respira fundo e vem com a gente!

1. Aquela história em que o cabeleireiro corta mais do que as pontinhas

Sair do salão de beleza com o cabelo mais curto do que o esperado é o clássico momento de pânico que (quase) todas nós já vivemos, né?

Mas isso não é regra, logo, nada de ter medo de aparar as pontinhas e começar a desconfiar de todo cabeleireiro que encontrar! A dica para fugir de problemas é levar referências de corte, conversar bastante com o profissional e, claro, se abrir para conselhos.

Se ele diz que é melhor tirar mais um pouquinho de comprimento para remover as pontas duplas e renovar o visual, por que não aceitar a dica do expert? 

2. Aquele momento em que o cabelo fica laranja depois da descoloração

Se você está no time daquelas que só de pensar no cabelo loiro alaranjado já sente um arrepio, fique tranquila: tudo que você precisa fazer é saber como usar o descolorante e alcançar o tom certo nos fios.

Além disso, fique de olho também na sua frequência com as escovas progressivas, viu? Fazer o alisamento no mesmo dia da descoloração é um dos fatores que influenciam no loiro alaranjado. Melhor evitar!

3. Aquela vez em que o babyliss queima o cabelo

Poucas situações são tão tensas quanto queimar os cabelos com a chapinha e o babyliss - seja por deixar o utensílio muito tempo na mechinha ou por não usar o leave-in antes da texturização. Quer fugir do problema?

Então invista no protetor térmico, tome todo cuidado com o manuseio das fontes de calor e não se esqueça do cronograma capilar. É certeiro!

4. Aquela história em que o rosto com ácido pega sol

Quem faz tratamento de pele com ácido sabe bem que o protetor solar é in-dis-pen-sá-vel. Sair de casa sem proteger o rosto pode resultar em manchas e outros problemas bem desagradáveis, viu?

A solução é deixar o filtro solar facial bem visível, colocar post-its como lembretes no espelho, ou mesmo deixar uma bisnaga do protetor sempre na bolsa. Assim não vai ter como escapar!

5. Aquele momento em que a receitinha caseira dá muito errado

Atire a primeira pedra quem não se deu muito mal em copiar uma receitinha caseira duvidosa, né? Seja para cabelo ou pele, nem sempre é muito vantajoso apostar nos truques mirabolantes da internet.

O melhor conselho de todos é preferir usar produtos prontos, que foram testados e são 100% seguros. Misturinha só se for do bem - tipo a do Óleo Extraordinário no creme de tratamento.

6. Aquele momento em que surge uma espinha na semana da festa

Você acorda na semana de uma festa importante e ela, de repente, aparece lá: uma espinha bem no meio do rosto! Quer história de terror pior do que essa? Por sorte, tem jeito!

Comece o quanto antes a limpar e cuidar da pele todas as manhãs e noites - removendo bem as impurezas com água micelar. Depois, aposte na máscara de argila verde para secar a inflamação e, se precisar, alguns truques de maquiagem podem te salvar... mas nada de espremer, viu? 

 

Matéria publicada em 26 de Março de 2021, por Webedia.