Coceira no couro cabeludo: 7 coisas que podem causar o problema

Poucas coisas são tão incômodas como a coceira no couro cabeludo! Este problema pode acontecer por inúmeros motivos e muitos deles estão relacionados à oleosidade excessiva. No entanto, a foliculite, o ressecamento e procedimentos químicos também podem agravar essa sensação desconfortável. Confira 6 das mais comuns!

1. Ressecamento após as lavagens pode causar coceira

Quem tem pele sensível ou muito seca, muitas vezes sente coceira no couro cabeludo após a lavagem. Isso acontece porque o shampoo usado pode ser adstringente demais, causando um maior ressecamento nessa região da pele. Além disso, uma frequência exagerada de lavagens também causa o agravamento do problema.

2. Acúmulo de produtos no couro cabelo é outra das causas comuns

Uma lavagem inadequada também pode causar coceira! O acúmulo de produtos e sujeiras no couro cabeludo também é uma das origens do problema e pode ser resolvido com um shampoo de limpeza profunda uma vez por semana. 

3. Caspa ou dermatite seborreica 

A caspa, também chamada de dermatite seborreica, é um fungo que vive da oleosidade do couro cabeludo. Além de causar muita coceira na região, também é muito inestética, já que aparecem os temidos floquinhos brancos na raiz e comprimento dos fios. Para evitar o problema, é essencial manter a raiz do cabelo livre de oleosidade, além de investir em um shampoo anti-caspa. 

4. Procedimentos químicos podem deixar o couro cabeludo sensibilizado

Quem faz químicas com frequência no cabelo, como alisamentos ou colorações, pode, por vezes, sentir alguma coceira fora do comum no couro cabeludo. Isso acontece porque as formulações dos produtos usados podem ser muito agressivos para a sua pele, desestabilizando o seu pH. É importante sempre respeitar o intervalo entre um procedimento e outro - uma boa dica para quem não tem certeza sobre o tempo certo é consultar um profissional especializado. 

5. Oleosidade excessiva também pode estar na origem do problema

Um couro cabeludo oleoso também pode coçar! À medida que a oleosidade se forma ao longo do dia, é normal sentir alguma coceira na raiz do cabelo. No entanto, isto acontece especialmente em quem tem excesso de óleo, já que uma produção regularizada não aparece com tanta rapidez e, por isso, não se "sente" na forma de coceira. 

6. Fungos e micoses podem se alojar na região

Além da caspa, outros fungos e micoses também podem se desenvolver no couro cabeludo. Dormir com os cabelos molhados ou ficar em um ambiente úmido são algumas das principais causas desse tipo de micoses, que ao se alojarem na região, provocam bastante coceira e precisam de um tratamento médico.

 

Matéria publicada em 26 de fevereiro 2021, por Webedia.