Como mudar a cor do cabelo? Confira dicas para escurecer, clarear ou remover a tinta sem prejudicar os fios

Mudou a cor do cabelo e se arrependeu? Ou cansou das mechas em tom fantasia e quer voltar ao tom natural? Para quem quer mudar radicalmente a cor dos fios, seja para voltar à nuance antiga ou apostar em uma nova, saiba que é possível, sim, mas é importante tomar alguns cuidados fundamentais para não enfraquecer e danificar o cabelo. Afinal, de nada adianta uma cor nova se os fios não estão saudáveis! Confira o que fazer para remover os pigmentos coloridos dos cabelos!

Cabelos que estão pretos, castanhos ou em tons fantasia: técnica ideal é a decapagem

Pular os slider: Imedia-preto

Conheça as nuances de preto de

Imédia Excellence

Você já deve ter ouvido falar que tinta não clareia tinta. Para quem pintou de preto ou castanho e quer voltar ao loiro ou a uma cor mais clara, é preciso, primeiro, retirar os pigmentos da tinta ou tonalizante escuros aplicados anteriormente. Essa técnica é chamada de decapagem: ela remove os pigmentos de tinta da fibra capilar e  prepara para colocar a nova coloração por cima, sem que o cabelo fique manchado, e também pode ser feita nos cabelos em tom fantasia, como rosa, roxo e azul. É importante deixar claro que a descoloração, que também é feita para clarear os cabelos, só é usada nos fios escuros virgens, enquanto a decapagem é para os fios já coloridos artificialmente. 

Dica: A técnica de dacapagem é altamente agressiva e deve ser feita com um profissional qualificado. Uma dica para fazer em casa é preparar os cabelos para a decapagem, fortalecendo os fios com hidratação e nutrição, para que eles não quebrem durante o processo. 

Cabelos que estão loiros ou castanhos claros: mechas inversas ou pré-pigmentação são técnicas ideais

Para quem decidiu ficar loira, mas se arrependeu ou enjoou da cor, a dica é escurecer os fios por etapas. Como as colorações escuras são muito pigmentadas, para não correr o risco de manchar os cabelos ou ainda deixá-los num tom diferente do que você escolheu, é preciso usar uma tinta de um a dois tons mais escuros do que a atual, ao invés de partir direto para o preto ou castanho escuro. Outra dica é apostar nas luzes ou mechas inversas, que vão ajudar a escurecer o cabelo aos poucos.

Outra técnica que pode ser feita para escurecer o cabelo é a pré-pigmentação, que significa repor alguns pigmentos do cabelo - que foram retirados com a tinta mais clara - antes de partir direto para a cor nova. A pré-pigmentação ajuda a criar uma estrutura dentro do fio, repondo pigmentos quentes, ou seja, acobreados ou vermelhos, com uma altura abaixo da cor que será aplicada. A dica é escolher um profissional qualificado para o procedimento, já que a ideia é fixar melhor os novos pigmentos que serão depositados.

Cuidado com o cabelo antes e depois de mudar a cor é fundamental

Entre uma química e outra, o ideal é dar uma pausa de 20 dias para não danificar os fios, mas quem quer mudar logo de cor, a dica é fazer uma hidratação antes de aplicar a nova tinta. No entanto, os cuidados depois são essenciais, principalmente se o cabelo passou pela decapagem. Além dos pigmentos da tinta, os nutrientes do fio também são retirados, o que deixa o cabelo fraco, quebradiço, sem brilho e áspero. A dica é apostar na nutrição e na reconstrução dos fios pelo menos, uma vez por semana, para fortalecer as madeixas que passaram por químicas em pouco tempo.

Matéria publicada em 29 de Março de 2021, por Webedia.

Pular os slider: Colorvive

Cuide da cor dos seus cabelos com

Elseve Colorvive