É possível acabar com a celulite usando cremes? Saiba mais sobre esse problema e descubra a melhor forma de o tratar

Na busca por novas formas de como eliminar as celulites, os cosméticos são os primeiros a prometer resultados incríveis em pouco tempo - mas será mesmo que um creme é capaz de combater sozinho todo o problema? Nessas horas é sempre bom lembrar que os furinhos na pele, mesmo que pareçam apenas uma questão externa, também têm relação direta com fatores internos como metabolismo, genética e estilo de vida, por isso, o segredo é combinar os métodos disponíveis para combater a celulite de vez. Quer saber como se prevenir da forma certa? Continue lendo a matéria!

Cremes anti-celulite funcionam, mas devem ser combinados a outros tratamentos

 

Quando se fala em celulite, é preciso entender que os cremes são uns dos caminhos possíveis, mas não necessariamente o único método para dar fim ao aspecto "casca de laranja" na pele. O motivo é porque o problema tem raízes mais profundas do que apenas o visível a olho nu, e o que acontece internamente se relaciona com dificuldades na drenagem linfática do organismo, resultando na inflamação da pele.

Sendo assim, os ativos dos cremes anti-celulite podem melhorar a aparência e aspecto de furinhos e nódulos, mas trabalharia apenas nas camadas superficiais da pele, sem curar o quadro pela raiz - objetivo esse que só será alcançado quando a verdadeira causa do problema for identificada.

Fatores internos também influenciam no quadro da celulite

 

Na hora de eliminar a celulite, é importante conhecer as diversas explicações para o seu surgimento e, assim, tratar - e bloquear - o seu desenvolvimento. Dentre os principais motivos, é normal que mudanças hormonais, retenção de líquido, dietas muito gordurosas e aumento de peso estejam diretamente relacionados. Além disso, o sedentarismo também influencia no acúmulo de gordura e aumento dos furinhos pelas nádegas, coxas e outras regiões do corpo.

No entanto, vale reforçar que o fator genético não deve ser deixado de lado: é realmente verdade que algumas mulheres herdam essa característica indesejada de suas mães, mas nem por isso precisam desistir do tratamento. Mesmo nesses casos hereditários, as chances de apresentar a condição podem ser diminuídas consideravelmente com os cuidados certos.

O que fazer para se livrar da celulite?

O primeiro passo para voltar a exibir uma pele lisinha é investir não só em cremes anti-celulite, cardápios variados e rotina de exercícios físicos equilibrada, mas também em outras técnicas disponíveis como microagulhamento e carboxiterapia, por exemplo. Dessa maneira os resultados ficarão visíveis ainda mais rapidamente e o problema será combatido de forma mais profunda e duradoura - do jeito que toda mulher deseja. Além disso, na hora de aplicar os dermocosméticos específicos, é importante lembrar de manipular a àrea, massageando vigorosamente na mesma direção para facilitar a drenagem linfática.

Matéria publicada em 18 de maio 2021, por Webedia.