Inspirações de cabelos coloridos para morenas e negras

O cabelo crespo é o tipo mais frágil entre as madeixas femininas. Por serem finos e muitas vezes ressecados, as mulheres pensam duas vezes antes de fazer grandes transformações. Porém, com os cuidados adequados, é possível investir em grandes mudanças, como adotar cores ousadas sem danificar o cabelo, e investir nas tonalidades "fantasia" como os das celebridades internacionais.

Morenas e negras também podem usar cores fantasia nos cabelos

Mais comum em mulheres negras, os cabelos crespos podem se transformar. A música está cheia de exemplos de mulheres ousadas que investiram em cores fortes nos cabelos para destacar o visual. A mais famosa é Rihanna, que surpreendeu o mundo ao deixar os tons loiros e castanhos para usar o vermelho fantasia. Outras cantoras além da intérprete de "Diamonds" estão investindo na tendência colorida com tonalidades mais exóticas, como a cantora de hip hop Azealia Banks, que já experimentou cores como laranja, roxo e verde.

A rapper britânica M.I.A lançou nova música no último mês com um visual vibrante. No vídeo de "Bring the Noize", a cantora exibe madeixas rosa pink, que destacaram seu tom de pele oliva. Assim como M.I.A, a cantora de R&B K. Michelle também é fã de cores fortes e sólidas, como o azul que usou durante sua participação no reality show "Love & Hip Hop: Atlanta".

Ombré hair com cor

Para as morenas e negras que ainda não se sentem à vontade em arriscar no visual colorido total, uma inspiração para adotar cores no cabelo é o look de Teyana Taylor. Com um ombré lilás delicado durante a premiação BET Award de 2011, a cantora provou que o colorido funciona até em eventos mais formais. Outra opção de combinação discreta são as californianas azul bebê da atriz de "The Vampire Diaries", Katerina Graham, e as mechas discretas de Kelly Rowland, que aqueceram seu visual.

Cuidados profundos para quem colore e alisa

Para as moças que gostam de alisar o cabelo além de colorir, é preciso ficar atenta quanto à saúde dos fios. Um processo agressivo como a descoloração já resseca as madeixas. Somando os danos do alisamento, as consequencias podem ser queda, quebra, danos profundos na fibra do cabelo, além do temido efeito chiclete.

Mesmo não tendo a mesma fórmula das tintas e tonalizantes, as colorações "fantasia" também podem ter incompatibilidade com a substância escolhida para o alisamento, por isso é preciso tratar o fio. Para isso, alterne o retoque das madeixas com tratamentos mais profundos e cuide dos cabelos em casa com nutrição semanal usando produtos específicos para fios fragilizados.

Matéria publicada em 13 de Abril de 2021, por Webedia.