Preciso variar o shampoo? Descubra o que acontece se usar mesmo shampoo por muito tempo

Você já deve ter ouvido a história de que é preciso trocar o shampoo de tempos em tempos para que os fios não se acostumem, não é? Bom, que as madeixas podem passar a não responder do mesmo jeito ao seu produto favorito é algo que realmente acontece - e quase todo mundo já passou por isso. Mas por que isso acontece? Vem descobrir e saber se é necessário trocar a sua linha de shampoo de tempos em tempos! 

Pode ser que seu cabelo esteja precisando de outros nutrientes...

 

Assim como os condicionadores e máscaras de tratamento, o shampoo precisa atender às necessidades de cada tipo de fio. Nos ressecados, por exemplo, as versões mais leves e hidratantes são as mais indicadas, enquanto os oleosos precisam de produtos que promovam uma limpeza mais profunda para controlarem a produção de sebo na raiz.

Então, se ele promete entregar justamente o que as madeixas precisam, o fato de não fazer mais efeito só pode ter a ver com o fato delas se acostumarem com o produto, certo? Errado! Quando você percebe que seu cabelo não responde ao shampoo como antes, os motivos podem ser os seguintes: ele está com acúmulo de produtos e precisa de um detox ou passou a ter novas necessidades. 

Mas é preciso trocar o shampoo quando isso acontece?

 

Como o acúmulo de resíduos é um dos principais responsáveis pela mudança no efeito do shampoo, antes de deixar a sua versão favorita de lado, vale lavar os fios com um pré-shampoo para fazer uma espécie de detox no couro cabeludo. Assim, se o excesso de produtos for mesmo a causa do problema, depois de uma ou duas lavagens, você pode voltar a usar o shampoo tradicional sem sentir falta do efeito que o fez gostar dele. 

Agora, se você seguiu esse passo e o cabelo continuou não respondendo da mesma forma ao produto, ele realmente pode estar precisando de outros componentes para a hora da lavagem. Isso pode acontecer por conta de alterações hormonais - como troca ou suspensão de anticoncepcionais e período de gravidez, por exemplo. 

Fique atenta à solução:

Nesse caso, o segredo é observar como o seu cabelo está se comportando no momento e procurar opções que acompanhem essa nova fase.

Por exemplo: se antes ele só ficava bonito com shampoos hidratantes e passou a ficar pesado sempre que você usa o que já estava acostumada, experimente uma versão com agentes limpantes mais potentes. Já para quem acha que a mudança está relacionada aos hormônios, além de testar novas possibilidades de shampoo, também é importante consultar um dermatologista para que ele avalie a sua situação.

Matéria publicada em 25 de março 2021, por Webedia.