Qual a diferença entre condicionador e máscara? Saiba quando usar cada produto para cuidar dos cabelos

O condicionador e a máscara de tratamento são dois produtos indispensáveis para o cuidado dos cabelos. Seja qual for o seu tipo de textura - lisa, cacheada ou crespa -, os dois vão ser responsáveis pelo aspecto hidratado e o toque macio por mais tempo depois da lavagem. Mas, apesar dessas semelhanças no efeito, um não pode substituir o outro. Você sabe quais são as principais diferenças entre eles? Vem descobrir!

Pular os slider: Oleo Extraordinario

Conheça toda a linha Elseve Óleo Extraordinário

Máscara de tratamento entrega os nutrientes que o cabelo precisa para ficar forte e saudável 

Nos dias em que a ideia é dar uma atenção extra ao cabelo, a máscara de tratamento não pode ficar de fora da lavagem!Elas aparece nas versões de hidratação, nutrição e reconstrução para repor tudo o que os cabelos precisam para que fiquem fortes e saudáveis. As hidratantes devolvem a água e funcionam como porta de entrada para os demais tratamentos, enquanto as nutritivas ajudam a repor os lipídios e evitar o ressecamento. As máscaras reconstrutoras, por sua sua vez, são ricas em proteínas para que a fibra capilar se recupere dos danos causados por fatores externos - como químicas, uso de fontes de calor, vento, poluição e sol, por exemplo. 

Para organizar o uso de todas elas, a dica é apostar em um cronograma capilar. Distribuindo essas três etapas ao longo da semana por um período de um mês, ele deixa os cabelos bonitos e bem tratados - como é explicado detalhadamente nessa matéria aqui. 

Condicionador sela as cutículas dos fios e ajuda a preservar a hidratação 

Você pode estar se perguntando: se a máscara é quem trata as madeixas, qual a função do condicionador? Muito mais que apenas um aliado do shampoo, ele é responsável por selar as cutículas da fibra capilar e preservar os nutrientes que o creme de tratamento acabou de entregar aos fios. Por causa disso, ainda que seu uso não seja obrigatório depois da hidratação, nutrição ou reconstrução, ele faz toda a diferença por criar uma espécie de barreira de proteção que guarda os benefícios que as madeixas acabaram de receber. 

Nos dias em que a máscara não é usada, o passo de condicionar os fios é ainda mais necessário por fechar as cutículas que foram abertas pelo shampoo e deixar o cabelo com um aspecto mais macio e sedoso antes da finalização. 

Ordem de aplicação dos dois produtos faz diferença 

Depois de entender a diferença entre condicionador e máscara, vale ficar atenta à ordem de aplicação dos dois produtos. É que, ao contrário do que muita gente pensa, o correto não é condicionar os fios antes de aplicar o creme de tratamento - mas, sim, hidratar, nutrir ou reconstruir as madeixas e, só depois, usar um pouco de condicionador nas pontas para selar as cutículas e guardar os nutrientes recebidos. 

Se você inverter a ordem e usar o condicionador logo após o shampoo, o resultado do tratamento vai ser comprometido porque as cutículas da fibra capilar precisam estar abertas para que os nutrientes da máscara penetrem nelas. Para saber mais sobre o assunto, é só conferir essa matéria aqui. 

 

Matéria publicada em 31 de Março de 2021, por Webedia.

Pular os slider: Longo dos sonhos

Conheça toda a linha Elseve Longo dos Sonhos