Protetor solar facial e para o corpo: por que é importante usar dois produtos diferentes?

Você provavelmente já sabe da importância de usar protetor solar diariamente para evitar os efeitos nocivos dos raios ultravioletas. Mas você sabe por que é necessário usar protetor solar facial e para o corpo? Muitas pessoas ficam em dúvida sobre as diferenças entre os dois produtos e a necessidade de fórmulas distintas. 

Para acabar com as dúvidas de uma vez por todas, preparamos essa matéria, contando tudo o que você precisa saber sobre o protetor solar para o rosto e para o corpo. Quer saber qual a diferença entre os dois e por que é preciso usar dois produtos diferentes? Então, vem conferir, que a gente te conta!

 

Pular os slider: Protetor-solar-facial

Conheça os protetores faciais

Solar Expertise de L’Oréal Paris

Qual é a diferença entre o protetor solar facial e para o corpo?

A principal diferença entre os dois tipos de protetor solar está na textura do produto. O voltado para o corpo costuma ser mais grosso e tem o objetivo de proteger ao máximo a sua pele contra os danos causados pelos raios solares. Já o protetor facial leva em consideração as particularidades da pele dessa parte do corpo. 

Por isso, ele tem a textura mais leve e, na maior parte das vezes, menos oleosa que o produto para o corpo. Isso acontece mesmo com os protetores corporais mais levinhos, já que eles precisam ser mais resistentes do que os voltados para o rosto. Ou seja, na hora de se proteger contra o sol, nada de misturar os produtos. 

Por que é importante usar dois produtos diferentes?

Ok, agora você já sabe a diferença entre o protetor solar para o rosto e para o corpo. Mas por que é tão importante usar dois produtos diferentes?

1. O protetor solar facial evita o excesso de oleosidade: por ter uma fórmula mais leve que o protetor para o corpo, o produto facial ajuda a controlar o excesso de óleo no rosto. Quem tem pele oleosa pode apostar nas fórmulas oil free.

2. Você pode tratar a pele com o protetor solar facial: além do controle da oleosidade, você também pode tratar outros problemas com o protetor solar. Entre eles estão o surgimento de acne e as rugas e linhas de expressão. 

3. Ele pode substituir a base de maquiagem no dia a dia: existem versões do protetor solar facial com cor. Por isso, você pode pular uma etapa na rotina de beleza e usar o produto para substituir a base de maquiagem no dia a dia. 

Saiba como escolher o fator de proteção solar ideal para você

Além de usar um protetor solar facial e para o corpo, é importante escolher um fator de proteção solar que seja recomendado para você. O ideal é usar sempre um protetor facial com FPS 30 ou superior. Além disso, quanto maior o número, maior o tempo que você pode esperar entre uma aplicação e a próxima.

Mas lembre-se de sempre respeitar o intervalo máximo de 2 horas quando for se expor ao sol. As donas de peles muito claras também devem optar pelo FPS mais alto, assim como quem tem problemas de pele. 

Matéria publicada em 06 de Abril de 2021, por Webedia.