Transição capilar: 5 dicas que vão te ajudar no processo

A transição capilar é o processo de retirar a química dos fios, ela pode ser feita para retirar químicas alisantes ou coloração dos fios, com o objetivo de deixar os cabelos na sua textura e coloração natural. Não há nenhum produto que agilize o processo de transição capilar, para ela ser feita por inteiro é necessário deixar os fios crescerem de forma natural.

Como o nosso cabelo cresce em média 1,2 cm por mês, esse processo exige calma e cuidados com os fios. Para ajudar nesse processo, o blog Beleza Extraordinária separou 5 dicas de como passar pelo processo de transição capilar de uma forma mais fácil.

1- Hidratação e nutrição são tratamentos essenciais

A criação de um cronograma capilar é uma boa ajuda para pessoas que estão passando pela transição capilar. Isso porque com o cronograma capilar é possível criar uma rotina de cuidados com os fios envolvendo os passos de hidratação, umectação e reconstrução. Os dois primeiros passos são essenciais para que os cabelos cresçam de forma saudável e fortificada. Dessa forma é possível evitar que os fios cresçam facos e se quebrem no meio do processo de crescimento capilar.

A hidratação faz com que os fios fiquem macios, com brilho além de ajudar a combater o frizz. Enquanto a nutrição, ou umectação, ajuda a deixar o cabelo iluminado e os fios mais fortalecidos. A reconstrução capilar mais indicada para os momentos em que os fios estão bastante danificados como quebradiços, com pontas duplas ou opacas.

Para hidratar os fios, aposte na linha Elseve Hidra Hialurônico, enriquecida com ácido hialurônico ela injeta até 4x mais hidratação para os fios. Enquanto a linha Elseve Óleos Extraordinários é recomendada para o passo de nutrição e a linha Elseve Reparação Total 5 para o passo de reconstrução capilar.

2- Desapegue do comprimento, mesmo que aos poucos

Durante a transição capilar é inevitável cortar os cabelos, ao cortar os fios é possível retirar a parte com química de forma mais rápida e fazer com que o cabelo natural cresça. Para quem está fazendo transição capilar para ter de volta as cores naturais dos fios, o corte é necessário para retirar as partes coloridas e fazer com que a cor natural dos fios fique mais em evidência.

Agora, para quem está fazendo a transição capilar da textura do cabelo, saindo de processos de alisamento para o cabelo natural, o corte ajuda na formação de cachos e ondas, sem o peso do cabelo quimicamente tratado o cabelo modela a curvatura de uma forma mais fácil.

Durante a transição você pode fazer o big chop, conhecido como BC, em que toda a química é retirada de uma vez com um corte de cabelo e apenas os fios naturais são deixados. Mas, se você prefere ir aos poucos, cortar as pontas dos fios com espaço de meses também é uma opção para retirar parte da química e fazer com que você se acostume aos poucos com o comprimento e com a nova textura do cabelo.

Aposte no cronograma capilar para passar pela transição capilar

3- Evite as fontes de calor

Durante a transição capilar é necessário pausar o uso de processos químicos, já que o processo busca retirar a química dos fios. Além disso, se a transição capilar está sendo para ter a textura do cabelo natural é importante evitar o uso de fontes de calor como secador, chapinha e babyliss.

Esses aparelhos podem ajudar a passar por esse processo de adaptação com o novo cabelo. Usar chapinha e babyliss de vez em quando pode auxiliar nos dias de bad hair day, mas é importante utilizar produtos com proteção térmica para minimizar os danos para os fios.

Além disso, o uso constante desses produtos pode fazer com que os fios demorem mais tempo para voltar para a textura original, porque o movimento de incentivo ao alisamento será feito de forma constante, o que fará com que os fios fiquem sem uma curvatura definida. Por isso, evite o uso desses aparelhos durante a transição capilar para fazer com que esse processo dure menos tempo.

4- Aposte em penteados e acessórios

Esse é o momento de você conhecer o seu cabelo, o nosso fio tende a mudar com o passar do tempo e a mesma coisa acontece durante a transição capilar, já que o fio pode ser modificado por conta do processo químico em excesso e também porque é um novo cabelo para você. Por isso, não tenha medo de experimentar novos penteados, acessórios e formas de finalizar o seu cabelo.

Aposte em penteados com o cabelo preso, com penteados meio solto e meio preso, com tranças, coques, rabos de cavalo, as possibilidades são infinitas! Além disso, utilize acessórios como bonés, lenços, fitas, presilhas e grampos para fazer novos penteados no seu cabelo. Não tenha medo de experimentar e descobrir novas combinações para usar o seu cabelo!

5- Paciência com o processo de descobrimento

Uma das dicas mais necessárias para passar pela transição capilar é ter paciência durante esse período. Por ser um tempo em que é necessário esperar o seu cabelo crescer de forma natural é preciso respeitar esse período e entender como o seu cabelo natural está se desenvolvendo.

Teste novas finalizações e produtos para entender quais combinam mais com o seu cabelo, utilize acessórios para facilitar esse processo e entenda como você pode utilizar esse novo cabelo que está crescendo. Com paciência e os cuidados necessários com os fios, esse processo pode passar mais rápido além de ajudar no seu processo de descobrimento.

Matéria publicada em 16 de fevereiro de 2022, por Enext.